domingo, 14 de outubro de 2007

Altas Horas!!!



Planejamos ir à praia hoje, ontem estava imaginando como seria o post de hoje, com fotinhos, primeira vez na praia, etc. Porém...

Acertamos o relógio e programamos para despertar às 6. Como o rapazinho jantou tarde, dormiu sem mamar. Lá pelas 2 da madruga, acordou aos berros. Levantei, fiz a mamadeira, e ainda briguei com ele, porque estava fazendo "manha". Ai, que arrependimento... mamou, continuou virando pra lá e pra cá, sem dormir direito. Levei pra minha cama, conseguiu cochilar um pouco.

Menos de uma hora depois, acordou chorando muito. Começamos a ficar preocupados. Nada consolava o pobrezinho! O papai ficou andando com ele, um choro de dor terrível! Decidimos ir ao hospital. Enquanto eu tomava banho, o choro parou. Arrotou, se acalmou e dormiu. Lembramos, então, do que ele comera na véspera: leite ninho integral (ele toma o 1 +, mas não tinha na farmácia e era feriado), bolo de chocolate (sem o recheio), e um pedacinho de doce de amendoim. Esse último, deram pra ele e eu não tive como impedir. Resultado: barriga dura, aparentemente cheia de gases.

Como ele dormiu, decidimos esperar. Porém, uma hora depois começou tudo de novo. Então, lá fomos nós. 4 da madrugada, dentro do carro, metendo o pé pra Jacarepaguá, na AMIU. Perdi as contas de quantas Ave-Marias rezei naquele carro, passando pelos lugares onde passamos. O bom foi o trânsito, um sonho. Podia ser assim o dia todo. Mas Deus nos protegeu, e chegamos lá pra encarar uma médica descabelada e sonolenta examinar o guri e constatar: gases. compramos o remédio em uma farmácia 24 horas e voltamos, dessa vez por outro caminho, mais longo porém menos perigoso.

Já dá pra imaginar que nossa praia bateu as asinhas e se foi, né? mandei msg pra minha irmã, que iria conosco, e fomos dormir. Graças a Deus, eram só gases mesmo. E amanhã, dia do mestre e do comércio, também não vai dar porque o príncipe está ficando resfriadinho. Fazer o quê, né, já sabia que filho é assim mesmo. O importante é poder contemplar esse sorriso maravilhoso, essa esperteza que a cada dia me surpreende. Essa semana o pai dele disse que chorou, porque o menino aprendeu a brincar de carrinho, empurrando pra ele e recebendo de volta. Fora os naná e tatá (mamãe e papai) que ele fala de propósito, só pra nos apaixonar.

A foto abaixo foi em Miguel Pereira, fomos passear lá na sexta, dia das Crianças. A de lá de cima é do brinquedo que compramos pra ele de presente. Só que ele morre de medo de ficar de pé e empurrar. Paciência...

Beijinhos e bom domingo a todos, fiquem com Jesus!!!

2 comentários:

Ana Laura disse...

Que bom q não foi nada grave com o Mateus. Gases realmente causa dores bem insuportáveis nos pequenos. Estou passando para desejar um bom fim de semana pra vcs. Saudades de suas visitas no blog dos meninos, viu Aline? Beijos!

Emanuelle disse...

Amiga,
conheci teu blog através da PR.
Parabéns!
Espero manter contato.
Bjks.

Pesquise aqui